Categories
Alimentação dos Peixes

Alimentos Industrializados para Peixes

Alimentos industriais vem geralmente em forma de ração seca. Existem no mercado diversas rações de boa qualidade com diverentes funcionalidades.

Nos ultimos anos, o mercado tem criado alimentos especificos para certo grupo ou tipo de peixe. Hoje é muito comum encontrar comida para peixe dourado. Esse alimento contem certas vitaminas e mineirais que ajudam a realçar a cor dos animais.

O melhor a ser feito com alimentos industrializados é alimentar seus peixes no mínimo 2 vezes ao dia. Durante a manhã os peixes comem mais, evite não coloar comida em execesso no aquário.

Varie bem o cardápio e procure ter certos horários para trata-los. Essas rações você compra em lojas especializadas em aquarismo. Cuidado, existem fábricas de rações que não são de boa qualidade e evite comprar marcas que vc não conheça ou de procedencia duvidosa.

Nós recomendamos acrescentar semanalmente outros tipos de alimentos, como artêmias salinas e ou patês naturais.

[ad]

Categories
Alimentação dos Peixes

Alimentos Caseiros e Naturais para Peixes

Existem diversos de alimentos caseiros, em forma de patê, cozidos entre outros. Abaixo tem bastante receita de cozidos e patês. Esses alimentos são infalíveis.

• Chuchu ou cenoura cozidos e picados
• Fígado cozido de boi e de galinha
• Alface e couve picado (ou alguma outra verdura também pode)
• Coração de boi e de galinha
• Camarão seco
• Patê de Miron Gordon
• Ração a base de ovos (granulada)

Chuchu ou cenoura cozidos e picados. Coloque umas 3 cenouras e 1 chuchu para cozinhar. Depois espere esfriar e corte os 2 em rodelas. Após isso pique essas rodelas em pedaços bem pequenos para os peixes poderem comer bem sem se engasgar. Para não ficar fazendo isso toda semana, cozinhe umas 5 ou 6 cenouras e 2 chuchus(siga os mesmo procedimentos acima) e congele – os em tubinho (esses de ração mesmo). Sirva aos peixes no mínimo 3 vezes por semana.

Fígado de boi e de galinha. Cozinhe alguns fígados (de boi uns 2 e de galinha uns 5). Cozinhe bem cozido!

Pique e espere esfriar. Sirva aos peixes. Se você quiser congela- los para dar menos trabalho você pode. Cozinhe mais fígados do que eu citei, coloque em um pote e você vai tirando toda vez que você for dar aos peixes. Recomendado no mínimo 3 vezes por semana.

Alface, couve, almeirão, rúcula (ou algum outro tipo de verdura), pegue uma folha de cada. Lave bem e deixe de molho em água com ozônio (opcional) por uns 15 minutos. Lave bem lavado as folhas para tirar o ozônio (opcional).

Pique em pedaços bem pequenos e sirva. Obs: não congele este tipo de alimento e é recomendado para peixes herbívoros.

Alface, couve, almeirão, rúcula (ou algum outro tipo de verdura) 2. Pegue uma folha bem grande de qualquer verdura e coloque no fundo do aquário como se estivesse plantando uma bela planta. Os peixes (principalmente os herbívoros) comerão ela.

Coração de boi e de galinha. Siga os mesmo procedimentos como o fígado.
Camarão. Compre 1 kg de camarão( do pequeno) e lava bem. deixe o secar ao sol até ele ficar bem seco mesmo. Bata no liquidificador e sirva esse farelo em pequenas quantidades aos peixes.

Receita do Patê para Peixes

Patê de Miron Gordon: Esse é o famoso patê muito bom e nutritivo aos peixes, a receita que vou passar a seguir dará grande quantidade, portanto esterilize potes para poder armazenar, a receita é:

Ingredientes:

1/2 kg de fígado de boi;
1 pacote de camarão seco;
1 pote de sopa para bebês;
1 maço de espinafre;
3 ovos crus;
4 colheres de sopa de leite em pó;
4 colheres de sopa de germe de trigo;
6 colheres de sopa de farinha de aveia;
1 pacote de queijo ralado;
2 colheres de sopa de sal;
4 colheres de sopa de óleo de fígado de bacalhau.

Modo de preparo:
Picar o fígado em pequenas fatias e bater no liquidificador, com um pouco de água. Passar por uma rede bem fina para que o caldo formado fique livre das pequenas nervuras existentes no fígado. Colocar novamente o caldo no liquidificador, e adicionar aos poucos os ingredientes na ordem descrita acima.

Após tudo bem misturado, cozinhar lentamente, em banho Maria, mexendo sempre até formar uma pasta consistente, deixar esfriar e acondicionar nos potes de vidro.

Ração a base de ovos (granulada): Esta é uma ração que é facilmente feita, o custo é baixo, dá pouco trabalho e é muito nutritiva e apetitosa.

Você vai precisar de:

• 3 ou 4 ovos(depende da quantidade que você for fazer. 3 ovos já dá uma boa quantidade).
• Uma panela( p/ ferve – los).
• Peneira ( essas pequenas que nós temos na cozinha).
• Uma forma
• Um potinho(esses de ração) p/ coloca – los depois de pronto.

Modo de preparo:

Cozinhe os ovos por 15 minutos(a gema tem que estar bem firme). Tire os ovos, descasque e retire a clara. Pegue as gemas, coloque na peneira e pressione com o dedo para que a gema passe pelos furos da peneira ( depois a gema fica como grãos).

Coloque os ”grãos” da forma e leve ao forno, é necessário o ovo na forma. Antes de começar a fazer tudo isso, você deve ligar o forno no máximo e deixar ficar quente o máximo!. Desligue o forno ou coloque no mínimo!! e deixe – la.

Fique de olho para que não queime. Após algum tempo, esses grãos amarelos começarão a ficar meio marrom, isto por que está ficando pronto. Depois que estiver tudo da mesma cor (marrom claro), tire com uma colher e coloque nos potinhos. Aí, está pronto, sirva à seus peixes ao menos 1 vez a cada 2 dias.

[ad]

Categories
Alimentação dos Peixes

Artêmias Salinas

Artêmia SalinaArtêmias? Qual aquarista que nunca ouviu falar esse nome? Claro, todos sabem o que é artêmia, a artêmia salina é um alimento muito rico para os anabantídeos e demais peixes e animais aquáticos, principalmente pelo seu alto teor de proteína, a artêmia também possui várias vitaminas e minerais no interior do seu corpo, alimentando assim o seu peixe de forma indireta com todos os tipos de nutrientes necessários.

As artêmias são usadas até para curar doenças de peixes, e sempre fazem sucesso, por isso, é bom você fornecer sempre artêmias novas aos seus alevinos e artêmias adultas para o seus peixes, para isso veja como você obter uma criação de artêmias:

Náuplios de Artêmia:

Os náuplios de artêmia são as artêmias recém eclodidas, ótimo para alevinos, para isso compre ovos desidratados de artêmia, prepare um aquário pequeno com água salgada(pode ser sal grosso, mas os náuplios não vão durar muito tempo)na proporção de 200 gramas por litro, e uma pedra porosa para oxigenar a água.

Coloque uma pequena quantidade de ovos na água, e espere eclodir, demora cerca de 1 à 2 dias, depende da temperatura, se for muito frio pode até demorar 3 dias. Depois de todos os náuplios terem eclodidos dos ovos, pegue uma seringa e uma pequena lanter, e foque a luz em um local do aquário, os náuplios logo vão se sentir atraídos pela luz, nesse momento “sugue” eles com a seringa, e sirva aos peixes.

Criação de Artêmias:

Para criação, é necessário que você tenha um aquário de no mínimo 20 litros, nele você coloque água salgada como descrito acima, nele ponha uma quantidade considerável de coral “moído”, espalhe pela a água e deixe sobre luz solar, espere ficar rico em algas verdes, e ponha os ovos, espere eclodir, as artêmias demoram cerca de 20 a 30 dias para chegarem a fase adulta.

Deixe sempre o aquário sobre luz solar, quando as artêmias chegarem a fase adulta, vão começar a se reproduzir, os ovos vão boiar, então é a hora de você captura-los, assim terá novas criações, podendo alimentar qualquer hora seu peixe com o alimento tão nutritivos que é as artêmias salinas.

[ad]

Categories
Alimentação dos Peixes

Alimentação ideal para o seu Betta

comida-peixe-ornamentalOs Bettas são peixes carnívoros, mas isso não quer dizer que ele só deve comer carne, claro que os alimentos com proteínas elevadas devem ser servidos em uma proporção maior, mas não total, acompanhe abaixo a alimentação ideal e diária ao seu Betta:

Alimentação das 7:00h às 10:00

Alimente com artêmias vivas ou outro tipo de alimento vivo que tenha um teor alto de proteína, se quiser saber mais sobre alimentos entre em nosso capítulo alimentos, sirva em 3 minutos, em pequenas quantidades.

Alimentação das 14:00 às 16:00h

Alimente com alimentos secos, rações peletilizadas, sirva em 5 minutos em pequenas quantidades.

Alimentação das 19:00 às 21:00h

Alimente com larvas de mosquitos vivas ou secas, alimente em 2 minutos e em pequenas quantidades. Seguindo essas dicas seu Betta vai desenvolver cores e matizes mais bonitos e terá sempre o organismo resistente a doenças ou qualquer arnomalia.

[ad]