Categories
Tratamento de Doenças

Sintomas das Doenças Mais Comuns em Peixes de Aquário

Nadadeiras comidas ou apodrecidas
Guelras avermelhadas e ou expostas
Escamas eriçadas
Olhos sem o brilho natural, sobressaltados ou esbranquicados
Boca ou corpo com fungos (pontos brancos, ou tufos tipo bolor)
Pontos brancos espalhados pelo corpo e nadadeiras do peixe
Ânus avermelhado
Pontos avermelhados ou negros na superficie das escamas
Peixe com o nado irregular
Peixe fica somente na superficie com difuculdades de respirar e ou se locomover
Pontos pretos pelo corpo

Possiveis Tratamentos para Ajudar no Combate a Enfermidade dos Peixes

Controle os apectos físicos do seu aquário como o ph e temperatura.
Isole o peixe em um aquário hospital caso isto seja possivel, se não faça o tratamento no aquário principal. (Não recomendável)
Coloque algum tipo de fungicida como Labcon Aqualife, caso seja fungo (bolor branco) se ao invés de fungo for ictio (pequenos pontos brancos) adicione um anti-ictio. (O modo de uso destes medicamentos veja na bula do produto)
Aumente a temperatura do aquário, passando para algo em torno de 28º graus.
Reforce a alimentação.
Troque parte da água do aquário, adicionando outra nova sem cloro.
Caso necessario retire o parasita com uma piça.
Para um rápido tratamento passa um fungicida diretamete no peixe com um cotonete.
Alimente os peixes com alimentos vivos ou alimentos com antibióticos.
Coloque no filtro externo (caso possua um) carvão ativado.
Evite quedas bruscas de temperatura.
Não deixe peixes agressivos ou vorazes perto do peixe doente.

SER CONTINUADO…

[ad]

Categories
Tutorials

Aquário Marinho – Segunda Parte

Local de Instalação
Após você ter comprado os materiais necessários para a montagen, a primeira coisa a ser feita é achar um local para a colocação do aquário. Este local não deve ser muito calmo pois podera fazer com que os peixes fiquem desacostumados com os seres humanos, assim se assustem com o movimento de pessoas facilmente. O que o aquarista não quer é ver seus peixes escondidos atras de rochas e plantas toda a vez que alguem se aproxima do tanque.

Lavagem dos Materiais
Achado o local, lave bem a cuba de vidro e todos os outros componentes, na limpeza use somente água corrente e “jamais use algum tipo de produto químico, pois poderá permanecer algum resto do produto que consequentemente ira causar contaminação e a morte dos peixes. Produtos como sabão não evaporam da água mesmo depois de muito tempo.

Montagem do Sistema de Filtragem
Lavado a cuba e todos os acessórios, é hora de instalar o filtro biológico de fundo, encaixando bem todas as plaquetas, em seguida coloque o cascalho que deverá estar “muito bem lavado” caso o contrário ira turvar a água. Lembre-se também que a altura do cascalho não poderá ser inferior que 5 cm e superior a 15 cm. Com a quantidade de cascalho inadequada o filtro biológico perde o seu propósito pois se muito fino, a luz atravesa o cascalho e causa a morte das bactérias.

Colocação dos Acessórios
Feito isto instale todo a parte elétrica e mecânica como a(s) bomba submersa(s) ,o aquecedor, termostato ou termômetro a iluminação o filtro externo entre outros. Lembre-se de seguir as intruções do fabricante a risca.

Decoração do Tanque
Acabado esta parte é hora de decorar o aquário, de prefêrencia use corais naturais algas marinhas e outros.Não use acessórios de plásticos, troncos ou pedras de rio.(Somente objetos do mar.)

Finalizando
Por fim encha o aquário com água da torneira(Caso você use o sal sintético, vide uso deste produto na indicação do fabricante) ou então colque água do mar previamente tratada com cloro e filtrada ou decantada.Não esqueça de manter a densidade em torno de 1.022.

Terminado, faça o aquário funcionar ligando os motores, o aquecedor e a lâmapada isto fara com que o aquário começe a ter “vida”.

Feito tudo isto, o melhor a ser feito é esperar no minimo 30 dias para que o nitrito e a amônia abaixe.É possivel colocar os peixes no mesmo dia da montagen, para isto é precisso o uso de nitro bactérias, que aceleram a capacidade do filtro biológico fazendo com que o nitrito abaixe em poucas horas…mas lembre-se que um aquário novo não possui equilibrio nenhum e poderá causar a morte dos peixes mais fracos.

Passado os dias chega o grande momento, o de habitar o aquário, mais espere a coisa não é tão simples assim.

Dicas para Manutenção Diária do seu Aquário

  • Nesta etapa você ficara sabendo o que pode e o que não pode se fazer quando o assunto é aquário bonito e peixes saudáveis.
  • Evite ficar colocando muito a mão dentro do aquário, caso isto seja necessário lave-as muito bem com água corrente(não use sabão).
  • A alimentação é algo muito importante para a saúde do peixes, alimente-os no minimo 2 vezes por dia, uma de manhã e outra a noite.
  • Lembre-se que o metabolismo dos peixes é maior pela manhã, sendo assim se alimentam melhor.
  • Evite a super alimentação, coloque poucas quantidades de cada vez e caso eles comam tudo repita a operação.
  • Coloque algas e corais naturais no seu aquário, evite conchas pois elas são aspiraladas e provocam zonas anaeróbicas.
  • Quando você adiquirir um novo peixe coloque o saco de transporte boiando sobre a água do seu aquário durante 10 minutos e cada 3 coloque um pouco da água do seu aquário dentro do saquinho do seu novo peixe. Isto tudo é necessário para igualar a temperatura e os aspectos químicos como o P.H.(Não coloque a água do saquinho de transporte no seu aquário).
  • É aconselhavel que você de um banho rápido no seu novo peixe com algum produto específico como labcon Clean Marinho, este banho evitara que doenças entre em seu aquário contaminando o seus peixes.(Maiores detalhes de como usar vide bula do produto).
  • É importante evitar a colocação de peixes agressivos no seu aquário pois isto podera causar grandes trastornos para você e os outros habitantes.
  • A luz devera ficar acessa durante 8 à 12 horas no maximo, um periodo maior podera causar um grande aumento de algas e um desenvolvimento anormal das plantas.
  • Periódicamente varie o cardápio do seus peixes com alimentos vivos.Ex: artêmia salina , micro-vermes, dáfnias, larvas de mosquitos, tubifex etc…
  • Evite a super população do seu aquário, tenha como base 1 peixe pequeno para cada 3 lts, um médio para cada 10 lts e um grande para cada 30 litros.(Ou 1 cm de peixe por litro d’ água).
  • Coloque peixes parasiteiros como o Bodianus.Ouriço, Estrela do mar e o Bernado Eremita são ótimos limpadores.
  • Mantenha a densidade da água em torno de 1.022, em densidade menor os parasitas encontram dificuldade para se reproduzir.
  • Peixes muito grandes poderão comer os menores, tenha bom senso na hora da compra.
  • As algas como os peixes vivem melhor em aguá cujo o P.H é o mais apropiado para cada tipo de espécie.
  • Com a evaporação da água a densidade aumenta, isto é prejudicial tanto para as algas quanto para os peixes.A solução para isto é simples basta compensar a quantidade evaporada adicionando água doce sem cloro todo o dia.

[ad]