Peixe Betta (Peixe-de-Briga)

By • Nov 16th, 2009 • Category: Peixe e Aquário do Mês

Betta Splendens

Peixe-de-Briga ou simplesmente Betta, seu nome científico é “Betta Splendens”, o nome Betta vem de uma Tribo Guerreira chamada “Ikan Betta” que era temida por sua grande agressividade , e essa tribo é nativa do antigo Sião, de onde o Betta é nativo, e o nome Splendens é “Esplendoroso” em latino.

Betta Splendens é considerado um dos peixes mais bonitos de água doce, ele é muito agressivo com sua própria espécie, principalmente os machos, as fêmeas se forem criadas juntas desde de pequenas não se tornam agressivas. Os Bettas são labirintídeos, possuem um orgão de respiração a mais como todo anabantídeo, esse orgão faz com que ele consiga sobreviver em águas mais pobres em oxigênio, mas isso não é sinônimo de água poluída.

Ambiente ideal para BettasTodo aquarista quer ter o seu peixe mais confortável possível no aquário, isso é normal, ele não quer que seu peixe se sinta mau no “ecossistema” que ele mesmo fez e cuida com carinho. Os Bettas gostam de água velha, com PH neutro para acido (6,8-7,0), temperatura ideal para os Bettas onde eles se sentem mais a vontade e com bem estar é 27 graus. Eles gostam de aquários bem plantados, principalmente com plantas flutuantes, como se fosse um pântano, nu fundo do aquário pode ser cascalho natural de rio, se você montar um aquário assim para seu Betta ele realmente vai ficar forte, bonito e nunca vulnerável a doenças é claro que os outros conceitos de higiene deve ser seguidos.

Reprodução
Há vários meios de se conseguir a reprodução dos Bettas em aquário, vou lhe mostrar a maneira que mas tem sucesso em todos os sentidos, tanto no começo na hora do macho construir o ninho até os alevinos sobreviverem à fase adulta.

Vamos dividir por fase:

1º fase- Preparação do aquário: O aquário de reprodução pode ser pequeno(no mínimo 8 litros) ou pode ser grande, eu aconselho usar um aquário igual ao meu, um de 20 litros(40x15x20), quanto mais espaçoso for o aquário melhor é, porque a fêmea poderá fugir de forma mais fácil do macho e quando os alevinos nascerem vão ter mais oxigênio na água, fora os hormônios. O aquário deve ficar com o nível da água no máximo de 12cm, eu aconselho 8cm, isso para não causar uma pressão muito forte nos alevinos quando nascerem, e facilitar o trabalho do macho para pegar os ovos. A tempreratura ideal é 27 graus e a temperatura mínima para reprodução é de 24 graus. Deve se instalar uma lâmpada de 15 watts para iluminar o aquário durante 24 horas. Para servir de apoio ao ninho pode ser usar plantas flutuantes ou um tronco desidratado, eu aconselho o tronco, deixe o tronco com uma ponta pra fora d’água, se não ele vai ser inútil no aquário. Na água do aquário de reprodução, pingue uma gota de fungicida ou parasisticida(é bom evitar fungos nos ovos).

2º fase – Colocação do macho no aquário: Ponha um macho adulto(mais de 5 meses de idade), que seja maior do que a fêma que você colocará no aquário, isso é muito importante, se fêmea for do mesmo tamanho ou até maior que o macho o abraço “nupcial” pode ser impossível de acontecer. O macho deve ser bonito, com nadadeiras formadas, de preferência a machos que sempre constroem ninho de bolhas no seu aquário individual, pois esse já tem um instinto reprodutivo avançado.

3º fase – Colocação da fêmea no aquário de reprodução: Corte na metade uma garrafa de dois litros descartável transaparente, as garrafas tradicionais de Coca, lave bem, enche de água até o nível de água que o aquário de reprodução estiver, ou seja se estiver em 8 cm, encha até 8cm a garrafa, para ter o peso ideal de equílibrio dentro da água e na visão ideal do macho. Ponha a fêmea(ovada, repare se ela esta com o ovopositor a vista e com listras na vertical) nessa garrafa e logo após ponha a garrafa no aquário de reprodução, ponha de um jeito que não fique encostado nas paredes do aquário, para evitar que ele construa o ninho grudado com a garrafa, que seria ruim, pois seria muito vulnerável a movimentos.

4º fase – O namoro: O macho vai abrir suas belas nadadeiras e opérculos quando vê a fêmea na garrafa, a fêmea vai ficar com uma cor mais acentuada e agitada, então vai passar umas 2 horas e o macho começará a construir o ninho, se dentro de duas horas ele não construir o ninho, junte o macho e a fêmea no aquário durante 15 minutos e separe novamente, só para excitar mais o macho e ele ter mais ânimo para construir o ninho, mas se mesmo assim ele não construir o ninho, pegue com uma colher o ninho de outro Betta, não importa se for pequeno, o macho só de olhar um pedaço de ninho vai dar início a construção.

5º fase – Acasalamento: Depois de 24 horas de namoro e construção do ninho, junte os dois, o macho vai persegui-la e as vezes até dando uns “safanõezinhos”( tem caso que a fêmea persegue o macho), ao passar de 12 a 24 horas, o macho vai conduzir a fêmea pra baixo do ninho, onde dará ínico ao abraço nupcial, no começo a fêmea nem expele ovos, depois do segundo e terceiro abraço começa a vir poucos ovos, depois de meia-hora de abraços, sai mais de 20 ovos por abraço, o total de uma desova em média é de 250-500 ovos(ovúlos). Ao mesmo tempo que os ovos são expelidos o macho solta os espermas para fecunda-los, e logo após poe os ovos no ninho(muitas fêmeas ajudam o macho nessa tarefa). Quando você reparar que a fêmea não desova mais, tire ela, pois o macho vai ataca-la até mata-la, pois ela é um intruso na visão do macho.

6º fase – Eclosão dos ovos: Durante 24 a 48 horas o macho ficará vigiando o aquário inteiro para ver se nenhum “intruso” esta por perto para comer os ovos de sua ninhada, ele vai tratar os ovos com muito carinho, após 24 ou 48 horas(depende da temperatura, quando mais alta, menos o tempo de eclosão), os ovos vão eclodir, deles sairam os alevinos com seus sacos vitelinos, onde vai fornecer alimento a eles durante dois dias após o nascimento, eles vão ficar na horizontal, quando eles nadarem na vertical, retire o macho do aquário, pois não terá mais utilidade e pode acontecer do macho comer os seus próprios filhotes depois de 4 dias pós eclosão.

7º fase – Desenvolvimento e engorda dos alevinos: Os alevinos são muito pequenos, precisam de alimentos muito pequenos também, depois do segundo dia de nascimento aconselho dar infusórios, depois do 5º dias de vida dê artêmia salinas recém eclodidas (compre os ovos desidratados em uma loja de aquarismo), com artêmias salinas recém eclodidas os filhotes vão crescer rapidamente, pela quantidade de proteínas que tem no organismo das artêmias, quando os alevinos já tiverem 2 semanas de vida, comece a fazer trocas de água (atenção, deixe a água descansar por um dia para ter certeza que esta sem cloro, e certifique se a temperatura esta igual), precisa trocar no mínimo 20% e no máximo 70% da água, repondo por água nova, é preciso fazer essas trocas d’água, porque cada alevino no aquário vai soltar hormônios, que inpedirá que seus irmãos desenvolvam de forma rápida, portanto, quanto mais trocas de água você fizer no periodo de 2 semanas até 1 mês de vida, mais rápido os alevinos vão crecer.

Quando seus filhotes atingirem 5 meses pode reproduzir eles, mas atenção, nunca reproduza Bettas parentes, como: irmãos, pais, e etc, pois o o código genético pode sofrer muitas avariações por serem parecidos dando consequência em muita morte de alevinos e alevinos mau desenvolvidos.

Agressividade dos Bettas
Os Bettas são peixes extremamente agressivos com sua espécie, com outras espécie também são, porém muito menos, tem os Bettas que nasceram para uma “rinha”(aquário especial onde se pratica briga de Bettas), são os Bettas de nadadeiras curtas, com mandibulas fortes e corpo atlético, sem ser magro e nem “obeso”.

A origem da agressividade dos Bettas começa por serem peixes extremamente territoriais, no aquário que você por ele, não importa qual for o tamanho e espécies que o habitam(a não ser que seje um tanque do tamanho de um rio ou lago) o Betta vai denominar que o aquário é dele, e vai se impôr que todos os demais peixes no aquário são intrusos de seu território, onde ele vai tentar expulsa-lo, se o mesmo não fugir ou ser retirado ele vai mata-lo.

A Beleza dos Bettas
Os Bettas(Splendes) são peixes muito bonitos e charmosos, como dito acima é considerado um dos peixes mais bonito de água doce. As cores dos Bettas podem ser de vários matizes e mistura deles, como: marrom, roxo, rosa, vermelho, violeta, amarelo, bege, preto, branco, albino, azul, azul celestial, verde, e fora as combinações dessas.

Procure sempre excitar seu betta macho pelo menos meia-hora por dia, deixe ele olhando ao um espelho ou para um outro macho durante meia-hora, para as nadadeiras serem esticadas e crescerem de forma mais bonita.

Alimentação dos Bettas
Os Bettas gostam de muita comida viva em sua dieta, mas como não é de fácil manejo, compre ração seca peletilizada(bolinhas) para Bettas(a melhor é da Tetra), dê todos os dias, e nos finais de semana dê artêmias, larvas de mosquito, minhocas picadas, patês e etc.

4 comments on »

  1. tem alguma maneira de fazer eles parar de brigar

  2. eii pra botar um peixe betta pra brigar?
    tem q deixar ele sem comer um dia sei la
    pq os menino mim diz ake pq elle rata a outra todinha
    mais nao sei tem alguem q sabe aee?

  3. o peixe betta e ben legal

  4. ñ da pra eles pararem de brigar isso é da naturesa eles ficam mais mansos se nao espelho e so der raçao
    e verdade sim eles brigão mais quando com fome e sendo alimentado com alimentos vivos mais eu sou contra asbrigas de betta

Leave Comment