Cascudo

By • Nov 16th, 2009 • Category: Lista de Peixes para Aquário

Nome científico: Hypostomus punctatus
Nome popular: Cascudo

O Cascudo pode parecer feio e invocado, mas na verdade é simpático e dócil. Além do mais, é muito útil na remoção de algas dos cascalhos e vidros, sendo um dos mais rápidos e eficientes no ramo da limpeza. Ele não é o único peixe que limpa os aquários. Existem outras espécies que fazem o mesmo trabalho, mas ele ganha de todas rapidez e eficiência. Não descansa, percorrendo todo o aquário e limpando cada catinho, dando um espetáculo de utilidade ao aquarista.

Seu hábito de viver em corredeiras deu-lhe uma característica natural muito curiosa: a boca funciona como uma ventosa, que lhe permite aderir aos objetos, enquanto raspa o alimento com os dentes. O revestimento ósseo dorsal protege o cascudo do ataque de predadores que porventura dividam o aquário com ele, ficando muito difícil algum peixe romper esta carcaça e machuca-lo. Vive bem em uma temperatura de 18 a 26 graus, em água de dureza média e pH levemente abaixo de 7 e ao contrário de todos os peixes cobertos de placas ósseas, o cascudo aceita águas solabras. O aquário deve conter locais escuros para que ele se abrigue da luz excessiva durante o dia.

Além das algas das pedras, ou limo, o cascudo também se alimenta de alimentos secos e tubifex. No entanto, o criador deve cuidar para que o cascudo só seja colocado no aquário quando houver a formação do limo, seu principal alimento. Do contrário ele poderá enfraquecer e torna-se sensível a doenças. Outro problema que pode ocorrer quando faltar algas para o alimento do cascudo é que ele tentará se fixar no corpo de outro peixe, na esperança de conseguir retirar o muco que o reveste. Ao fazer isso, ele pode provocar um enorme buraco na pele do companheiro. Mesmo que o criador perceba o que está acontecendo, não deve nem cogitar a idéia de arrancar o cascudo a força da pele do outro peixe: isso seria bem pior, pois a ventosa do cascudo tem uma enorme capacidade de aderência.

O cascudo possui hábitos noturnos, ficando o dia inteiro grudado em alguma superfície, só estando ativo ao entardecer e durante toda noite. A vegetação deve conter plantas resistentes, pois seu modo desajeitado de nadar pode destruir as folhas frágeis. A reprodução em aquários é muito difícil.

Leave Comment