Borboleta-Pintada

By • Nov 16th, 2009 • Category: Lista de Peixes para Aquário

Nome científico: Carnegiella strigata
Nome popular: Borboleta-Pintada

De todas as espécies de borboletas, que compõem a família dos Gasteropelecídios, a borboleta pintada é mais popular e a mais indicada para aquários comunitários, por sua beleza, temperamento extramemente pacífico e simpático. Seu tamanho médio é de 4 a 5cm. Na natureza, eles vivem em cardume, por isso se você pretende cria-lo, nunca o deixe sozinho, quanto mais exemplares de sua espécie melhor.

Outra dica importante é sempre manter o aquário tampado, pois é considerado uma ótimo saltador, principalmente quando avista algum mosquitinho fora d’água, devido ao formato de seu corpo e tamanho avantajado de suas nadadeiras peitorais, ele voa literalmente. O borboleta tem uma aparência bem diferente, seu corpo é de cor parda, meio castanho dourado, com 3 listras marrom escuras, que lhe dão um aspecto marmóreo.

A parte dorsal é num tom mais escuro e uma faixa amarela em sentido longitudinal se prolonga das brânquias até o começo da cauda. O formato do corpo desperta muita atenção, as nadadeiras pélvicas são tão pequenas que quase não são notadas, o formato da boca só permite que ele coma alimentos na superfície, seu corpo curto e achatado lateralmente apresenta a região anterior em formato de quilha de navio, de onde partem suas desenvolvidas nadadeiras peitorais.

De comportamento muito dócil, o borboleta nunca ataca um companheiro. Eles também não são muito exigentes, a temperatura da água deve estar entre 23 e 28 graus, pH de 6 a 6.5, água mole com 10 dH aproximadamente. O ambiente deve ser bem plantado, use iluminação suave. Forneça a eles somente alimentos que possam comer na superfície, devido ao formato de sua boca(para cima) e também por ser um peixe de superfície, além dos insetos vivos, pode dar dáfnias, tubifex e comidas secas.

Reprodução
A reprodução do borboleta pintada em aquários é muito rara, é necessário muita sorte. Pouco se sabe sobre sua reprodução, algumas informações é de que a água deve estar em 29 graus, que a fêmea desova nas plantas de superfície e os ovos são imediatamente fertilizados pelo macho. Cerca de 30 horas depois eles eclodem e as larvas ficarão durante 5 dias penduradas nas folhas, absorvendo o saco vitelino. Os alevinos só irão adquirir a forma adulta com 20 dias, caso você tenha muita sorte e consiga reproduzi-los, alimente com infusórios e naúplios de artêmia salina.

Leave Comment